Salarário Mínimo Nacional Salarário Mínimo Nacional

Salário de domésticas SP em 2020

2 minutos para ler

Em função da crise provocada pelo coronavírus, o salário SP 2020 para empregada doméstica não foi reajustado.

Em 2020 deveser aplicado o salário definido para 2019, confira abaixo os valores.

Salário Mínimo SP 2019: O valor regional do salário mínimo para o estado de São Paulo em 2019 foi sancionado no dia 18/03/2019 e vale a partir de 01/04/2019.

O Governador João Doria (PSBD) sancionou o reajuste do piso regional para o estado de São Paulo em 2019, aumentando o Salário mínimo SP do empregado doméstico de R$ 1.108,38 para R$ 1.163,55.

A porcentagem de reajuste do salário mínimo regional de SP 2019 ficou em 4,97%.

Veja como anotar na carteira de trabalho do seu empregado doméstico:

ALTERAÇÕES DE SALÁRIO:

Aumentado em _01_/_04_/_2019_ para R$ 1.163,55 __________ Na função de __a mesma______________________________ CBO _________________ por motivo de _reajuste do valor__ _do salário mínimo no estado de São Paulo. ___________________________________

Assinatura do(a) empregador(a)

Para ver a tabela com os históricos de reajustes do Salário mínimo SP, clique aqui.

Deixe seu comentário abaixo caso tenha algum dúvida sobre o salário SP 2019

 

O NOLAR está integrado ao eSocial. Você cria sua conta, gera cálculos, recibos e a sua Guia DAE do eSocial já vem com os descontos calculados.

CRIE SUA CONTA GRATUITA NO NOLAR

 

 

 

Posts relacionados

35 comentários em “Salário de domésticas SP em 2020

  1. Primeiro lugar não sei porque os pisos são diferentes em vários estados! Será que no Rio de Janeiro os patroes ganham mais que os de SP ? O piso deveria ser o salário mínimo Nacional para todos os estados !
    Espero que os aumentos anuais estejam dentro dos aumentos justos dos aposentados !

  2. Verifiquei que a lei do salário minimo para SP foi sancionada (30/Março/2017) e publicada no diário oficial no dia seguinte (31/Março/2017).
    O artigo segundo da lei diz: “Esta lei entra em vigor no primeiro dia do mês subsequente ao da data de sua publicação.”
    Ou seja, ela entra em vigor em 1 de Abril de 2017.

    Minha dúvida é a seguinte: O último dia para pagamento do salário de Março é 7/Abril. Devo pagar o mês de Março já com o ajuste ou o ajuste é obrigatório somente no salário de Abril (a ser pago até 5/Maio)?

    Notícia publicada no portal do governo de SP:
    http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/alckmin-reajusta-piso-salarial/

    Publicação no diário oficial do estado de SP:.
    http://dobuscadireta.imprensaoficial.com.br/default.aspx?DataPublicacao=20170331&Caderno=DOE-I&NumeroPagina=1

    Agradeço desde já a atenção.

    1. Olá Rodrigo,

      O pagamento do salário de março deve ser até o dia 06/04, quinto dia útil.

      O novo valor entra a partir de 01/04 e só afeta o salário de abril, que será pago no início de maio.

  3. Tenho que pagar a diferença referente ao retroativo dos meses de janeiro, fevereiro e março, com relação ao reajuste aprovado em abril 2017, ou seja R$ 76,22 x 3 = R$ 228,66?

  4. Quando contratei minha empregada doméstica a 7 anos atras, combinei que não descontaria os 8% de INSS atribuidos a ela e o valor da condução, ou seja, pagaria o valor integral do meu bolso. Em virtude de dificuldades financeiras recentes, tenho o direito de renegociar com ela esse assunto e começar a cobrar esse valor em folha? Ou isso é ilegal?

    1. Olá Anna,

      Sim, mas nesse caso será necessário reajustar o valor do salário ao ponto em que, quando aplicados os descontos, o valor do salário líquido seja igual ao valor pago atualmente.

  5. No blog Idoméstica diz que o empregador tem que pagar o retroativo referente a diferença dos meses anterior, isso procede?
    “Como o novo valor tem efeito retroativo a janeiro, o empregador doméstico precisa ficar atento ao pagamento da diferença de reajuste salarial. Esse valor é a diferença entre o valor pago atualmente e o novo valor do piso regional.

  6. O Governador de SP, sancionou o salário mínimo Paulista, então não é apenas para as empregadas domésticas, vale para a primeira e segunda faixa do salário mínimo Paulista. Quem não tem sindicato e não segue acordos coletivos se encaixam,está correto?

  7. não recolhi em maio a contribuição sobre 1076,20. posso recolher agora em junho? como gero a guia da diferença e de quanto seria? Márcia Oliveira

  8. Rogério, boa noite!
    O salário da empregada que trabalha em casa (Campinas/SP) é de R$ 1.000,00, está abaixo do piso de R$ 1.076,20. Porém ela trabalha 3 vezes na semana com média diária de 7 horas (21 horas semanal).
    Nesse caso tenho a obrigação de pagar o piso ou o piso é para a carga de 44 horas semanais?
    Obrigado pelos esclarecimentos.
    Att.,
    Francisco

Deixe um comentário