Sou obrigado a pagar o FGTS de doméstica?

Sim, desde out/2015. No entanto, o FGTS para empregados domésticos agora é parte da guia única DAE gerada pelo eSocial.

Além do FGTS o NOLAR através do eSocial calcula também o INSS, o Seguro acidente e o IRPF em uma guia única (DAE).

  • O empregador doméstico recolhe na guia DAE do eSocial:
    • FGTS – equivalente a 8% do salário do trabalhador;
    • FGTS – Reserva Indenizatória da perda de emprego – 3,2% do salário do trabalhador (depósito compulsório);
    • Seguro contra acidentes de trabalho – 0,8% do salário;
    • INSS devido pelo empregador – 8% do salário;
    • INSS devido pelo trabalhador – de 8% a 11%, dependendo do salário;
    • Imposto de Renda Pessoa Física

    – se o trabalhador receber acima de R$ 1.903,98;

Obs: No caso dos dois últimos itens, os pagamentos deverão ser realizados pelo empregador, que os descontará do salário pago aos empregados domésticos.

Cadastre-se no NOLAR para integrar sua futura conta ao eSocial e resolver tudo de forma simples e segura.

Leia mais em nosso artigo sobre as principais dúvidas sobre o FGTS de empregada Doméstica

 

pagar o FGTS de doméstica

Tags

top