Quais tributos constam na guia DAE do eSocial?

  Confira abaixo todos os tributos que constam na guia DAE do eSocial: O empregador doméstico recolhe na guia DAE do eSocial: FGTS – equivalente a 8% do salário do trabalhador; FGTS – Reserva Indenizatória da perda de emprego – 3,2% do salário do trabalhador (depósito compulsório); Seguro contra acidentes de trabalho – 0,8% do […]

Leia mais

Já estou com uma empregada doméstica e ainda não cadastrei no eSocial, o sistema vai bloquear meu cadastro? Como posso pagar a DAE em atraso?

  Não será boqueado, o cadastramento pode ser realizado a qualquer momento pelo empregador e, ao gerar a guia DAE o sistema irá apurar os encargos pelo atraso da geração. Caso precise de ajuda para usar o E-Social, clique aqui e descubra como pode ser fácil fazer o cadastro e começar a usar. Para saber […]

Leia mais

Como posso gerar o código de acesso para o portal do eSocial?

  Para gerar o código de acesso ao eSocial, o empregador doméstico precisa ter nas mãos os seguintes dados: CPF; Data de nascimento; Recibo de entrega das duas últimas declarações do Imposto de Renda; Título de eleitor. Caso precise de ajuda para usar o E-Social, clique aqui e descubra como pode ser fácil fazer o […]

Leia mais

Qual o valor do depósito do FGTS de empregada doméstica?

O valor do depósito do FGTS de empregada doméstica é recolhido mensalmente na guia DAE do eSocial e é de; 8% de FGTS – Empregador 3,2% de indenização compensatória (Multa FGTS) – Empregador. Para o empregado doméstico, o recolhimento do FGTS é obrigatório desde 01/10/2015 (competência de out/2015). É importante ressaltar que o FGTS não […]

Leia mais

Como pagar o FGTS de doméstica em atraso?

A partir de 01/10/2015 o depósito é realizado pelo eSocial, por meio do pagamento da Guia DAE – Documento de Arrecadação do eSocial, que unificou todos os tributos. O empregador deve gerar um código de acesso no eSocial e cadastrar seus empregados domésticos. Após o cadastro do empregado, deve gerar as guias para cada competência. […]

Leia mais

Quais dados o empregador deve informar para cadastrar o empregado doméstico no eSocial?

  Para cadastrar o empregado doméstico eSocial, o empregador precisa informar os seguintes dados: Número do CPF; Data de nascimento; Pais de nascimento; Número do NIS (NIT/PIS/PASEP); Raça/Cor; Escolaridade; Número, série e UF da CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social); Data da admissão; Data da opção pelo FGTS; Número do telefone celular do trabalhador […]

Leia mais

O depósito do FGTS referente às parcelas de 8% e 3,2% do salário serão processados na mesma conta vinculada?

  Não. O valor do depósito do FGTS de 3,2% do salário (reserva indenizatória por perda do emprego) é creditado em conta diferente daquela onde é depositado o valor de 8% do salário. Esta conta é consultada apenas pelo empregador. Após o desligamento do empregado doméstico e se for devido saque pelo empregado, o saldo […]

Leia mais

Quais são as regras para o recolhimento obrigatório do FGTS para o empregador doméstico?

  A opção pelo recolhimento do FGTS relativo ao empregado doméstico passou a ser facultativo para o empregador a partir da competência 03/2000 e manteve-se opcional até a competência 09/2015. No entanto, se realizado um primeiro recolhimento este se tornava obrigatório. A partir de outubro de 2015, o recolhimento do FGTS do empregado doméstico tornou-se […]

Leia mais

1 2 3 4 16
top