Home

Fique em dia com o eSocial da sua Empregada Doméstica.

Gere recibos de salário, cálculos de Férias, demissão, afastamento, maternidade, folha de pagamento, DAE do eSocial, FGTS, INSS, 13º doméstica e muito mais. Sistema integrado ao eSocial Empregada Doméstica.

Crie sua conta no NOLAR!

OU

DEPOIMENTOS

São mais de 300 mil empregadores no Brasil

“ Muitíssimo obrigada pela atenção. O trabalho de vocês é 10. Estou recomendando. Obrigada!”

Elisangela Bokaleff / São Paulo – SP

“…Muito obrigado, e eté breve. vcs sao otimos.”

Ana Cerqueira / Bahia – BA

“ Boa tarde. Estou adorando o site… ”

Claiton Knoth / Taguatinga – DF

“ Muitíssimo obrigada pela atenção. O trabalho de vocês é 10. Estou recomendando. Obrigada!”

Elisangela Bokaleff / São Paulo – SP

“…Muito obrigado, e eté breve. vcs sao otimos.”

Ana Cerqueira / Bahia – BA

“ Boa tarde. Estou adorando o site… ”

Claiton Knoth / Taguatinga – DF

Muito simples e fácil de utilizar

conta_esocial_domestica

Crie sua conta Grátis

Cadastre quantos empregados do lar desejar. Crie sua conta agora mesmo.

cadastro_esocial_domestica

Cadastre sua empregada do lar

O cadastro é simplificado para que você começe a testar o quanto antes.

calculos_esocial_domestica

Gere Recibos

Faça cálculos mensais de salário, férias, 13º, demissão e muito mais.

impostos_esocial_domestica

Emita a Guia DAE do eSocial

O NOLAR esta integrado ao eSocial. Gere a Guia DAE com código de barras

Simples, Rápido e Seguro

  • PEC – Direitos das Domésticas
  • Cálculos online
  • Recibos de Salário e 13º
  • Férias e Demissões
  • INSS e FGTS
  • eSocial Empregada Doméstica
esocial-domestica

Confira abaixo dúvidas sobre eSocial Empregada Doméstica

Se a sua empregada doméstica trabalha 3x ou mais na semana, caracteriza-se o vínculo empregatício, sendo obrigatório o registro em CTPS e portanto o cadastro no eSocial doméstico.

Ao se cadastrar no esocial, você poderá vincular a sua conta do Nolar e facilitar os procedimentos mensais de emissão das guias DAE e rotinas trabalhistas.

Não. Fica a seu critério mas por experiência o empregador doméstico consegue resolver tudo sozinho.

Utilizando o Nolar essa tarefa fica ainda mais fácil.

Sim. Além do FGTS o NOLAR através do eSocial calcula também o INSS, o Seguro acidente e o IRPF em uma guia única (DAE).

    • FGTS – equivalente a 8% do salário do trabalhador;
    • FGTS – Reserva Indenizatória da perda de emprego – 3,2% do salário do trabalhador (depósito compulsório);
    • Seguro contra acidentes de trabalho – 0,8% do salário;
    • INSS devido pelo empregador – 8% do salário;
    • INSS devido pelo trabalhador – de 8% a 11%, dependendo do salário;
    • Imposto de Renda Pessoa Física – se o trabalhador receber acima de R$ 1.903,98;O empregador doméstico recolhe na guia DAE do eSocial

Obs: No caso dos dois últimos itens, os pagamentos deverão ser realizados pelo empregador, que os descontará do salário pago aos empregados domésticos.

Sim. Ao gerar o pagamento do salário no Nolar, a guia DAE é também gerada no eSocial. Caso a data em questão esteja vencida, o sistema calcula automaticamente os juros e multa do atraso.

Para recolhimentos retroativos, anteriores a 01/10/2015, o empregador pode gerar guias de FGTS avulsas, clique aqui e acesse o site da Caixa. Antes dessa data a opção pelo FGTS não era obrigatória.

O empregador doméstico precisa ter nas mãos os seguintes dados:

  • CPF;
  • Data de nascimento;
  • Recibo de entrega das duas últimas declarações do Imposto de Renda;
  • Título de eleitor.

Ao informar o CPF e a data de nascimento é verificado na base de dados do Imposto de Renda a existência ou não de declaração e disponibilizada a tela para preenchimento dos campos complementares pelo empregador, que poderá ser o recibo de entrega do Imposto de Renda ou título de eleitor caso não tenha realizado declarações nos últimos 2 anos.

Depois de realizado o cadastro, o empregador recebe um código de acesso que precisa ser guardado em local seguro, será necessário cadastrar esses dados na sua conta do NOLAR.

Para cadastrar o empregado doméstico eSocial, o empregador precisa informar os seguintes dados:

  • Número do CPF;
  • Data de nascimento;
  • Pais de nascimento;
  • Número do NIS (NIT/PIS/PASEP);
  • Raça/Cor;
  • Escolaridade;
  • Número, série e UF da CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social);
  • Data da admissão;
  • Data da opção pelo FGTS;
  • Número do telefone celular do trabalhador (permitirá acompanhamento dos depósitos FGTS realizados por meio de aviso SMS);
  • E-mail de contato.